Texto Maior
Texto Maior
Texto Maior
Texto Menor
Texto Menor
Texto Normal
Texto Normal
Contraste
Contraste
Libras
Libras
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Acesso à informação
Acesso à informação

Caçapava, segunda-feira, 20 de setembro de 2021 Telefone (12) 3654-2000

Atendimento Atendimento: Atendimento: de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h e das 14h às 17h

Segu
20/09
33 °C
18 °C
Índice UV
10.0
Ter
21/09
34 °C
22 °C
Índice UV
10.0
Quar
22/09
18 °C
14 °C
Índice UV
10.0
Quin
23/09
24 °C
13 °C
Índice UV
10.0

HISTÓRIA DO MUNICÍPIO

Histórico

No médio curso do rio Paraíba, em 1705, no local denominado “caa-çapaba”, do tupi “caa=mato e “ çapaba “=clareira, vereda , estabeleceu-se o fazendeiro Paulista, Jorge Dias Velho, que auxiliado pela sua mulher, Sebastiana de Unhate, construiu uma capela em louvor a Nossa Senhora da Ajuda.

Permitiu Dias Velho que, em torno da capela, fossem fixando-se outros moradores, constituindo um povoado, elevado à freguesia em 1813, subordinada a Taubaté.

O centro tornou-se um ponto de dispersão de bandeiras porque daí partiram desbravadores e fundadores de cidades, como Francisco Barreto Leme do Prado, descendente de Jorge Dias Velho, que veio ser o Fundador de Campinas, ou Capitão Tomé Portes D’el Rei, fundador de São João D’el Rei, em Minas Gerais. Outros dirigiram-se para os sertões mineiros ou de Goiás em busca de terras e metais.

A partir de 1842, por questões de desavenças políticas o povoamento se deslocou alguns quilômetros além de Caçapava- velha, em sítio mais próximo do rio Paraíba, na fazenda do cel. João Dias da Cruz Guimarães, que doou terras para construção de outra capela sob o orago de São João Bastista.

Nessa nova localidade o Capitão João Ramos da Silva, com o apoio do Capitão João Lopes Moreira e o Major Francisco Alves Moreira, cuidou para o desenvolvimento de Caçapava, que, em 1855, foi elevado à categoria de Vila, chegando já em 1875, à cidade, passando a capela de São João Batista a ser a Matriz da paróquia de Nossa Senhora da Ajuda.

Para isso muito contribuiu a maior proximidade do caudaloso rio Paraíba, que, ao mesmo tempo em que constituía uma via de comunicação com os outros centros, oferecia alimento para os habitantes de Caçapava.

Gentílico: CAÇAPAVENSE

 

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Nossa Senhora da Ajuda, por Alvará de 18 de março de 1813, no Município de Taubaté.

Elevado à categoria de vila com a denominação de Caçapava, por Lei Provincial no 20, de 14 de abril de 1855, desmembrado de Taubaté. Constituído do Distrito Sede.

Recebeu foros de Cidade, por força da Lei Provincial nº 20, de 8 de abril de 1875.

Nas divisões administrativas, referentes aos anos de 1911 e 1933, e nas territoriais datadas de 31-XII­1936 e 31-XII-1937, bem como no quadro anexo ao Decreto-lei Estadual nº 9073, de 31 de março de 1938, Caçapava figura, unicamente, como Distrito da sede.

Assim permanecendo nos quadros fixados pelos Decretos Estaduais de nos 9775, de 30 de novembro de 1938, e 14334, de 30 de novembro de 1944, para vigorarem, respectivamente, no qüinqüênio 1939-1943 e em 1945-1948.

Em divisão territorial datada de 01-VII-1960, o município é constituído do Distrito Sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 15-VII-1999.


 

Dados Completos: Fonte IBGE

CALENDÁRIO DE EVENTOS

ACOMPANHE-NOS

Câmara Municipal de Caçapava - SP.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.